Projeto Mais que Educação

O Projeto Mais que Educação tem como objetivo ser um programa de complementação do horário escolar de crianças de 8 a 12 anos, com foco no fortalecimento de vínculos, com atendimento diário oferecendo, por 36 meses e gratuitamente, ações de cunho sócio-educativo, que valorizem a educação solidária e a convivência familiar e comunitária, incluindo: uniforme, material pedagógico, alimentação, atividades que estimulem o desenvolvimento físico, intelectual, social, cultural, como iniciação ao esporte, aulas de música, informática, recreação, habilidades básicas, reforço escolar, além das visitas domiciliares com o propósito de observar a realidade da família e contribuir para possíveis formas de assistência.

O Projeto Mais que Educação tem como objetivo atender, gratuitamente, 15 crianças a partir de 2011, chegando a 60 crianças em 2014. Estas crianças devem ter idade inicial entre 8 e 12 anos, de famílias em situação de vulnerabilidade social, moradoras do subúrbio da cidade do Rio de Janeiro, do bairro de Cavalcante e das comunidades que circundam o referido bairro.

A proposta se baseia na garantia de direitos a crianças e adolescentes, com foco no acesso e permanência na escola pública, promovendo ações sócio-educativas de atenção complementar ao horário da escola, como também a orientação e apoio sócio-familiar, por meio das visitas domiciliares, conforme ECA (Art. 90, I e II).

O planejamento das ações valoriza o conhecimento, incentiva e ajuda nas tarefas escolares, estimula as potencialidades de cada um, destina atenção para esporte e cultura, dando valor a educação solidária, a convivência familiar e comunitária e promove a busca de um projeto de vida longe das ruas.

O Projeto Mais que Educação tem como objetivos específicos:

- Desenvolver autonomia;
- Estimular, a partir de seus interesses, as potencialidades de cada um;
- Prevenir a segregação, assegurando o direito à convivência familiar e comunitária;
- Possibilitar acessos a experiências e manifestações artísticas, culturais, esportivas e de lazer, com vistas ao desenvolvimento de novas sociabilidades;
- Possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e propiciar sua formação cidadã.
- Contribuir para a inserção, reinserção e permanência do jovem no sistema educacional.

Descrição das Atividades:

- Reuniões em grupo para ampliação de trocas culturais e de vivências;
- Realização de atividades para desenvolvimento de identidade como:
a) Oficinas de reciclagem
b) Rodas de cultura (Atividades de leitura, visitas a espaços públicos, valorização da diversidade cultural e atividades que ampliem o universo informacional de cada adolescente/jovem);
c) Prática esportiva – Aulas de Karatê;
d) Prática musical;
e) Oficinas de Cidadania (atividades ligadas ao meio ambiente, direitos e deveres de um cidadão, etc).

Todas as atividades focam no desenvolvimento de potencialidades de criança. Eles tem acesso a atividades culturais e educacionais que são utilizadas como meio de fortalecimento  da convivência comunitária, estimulando a permanência deles na escola ou até mesmo o retorno deles para  a vida escolar.

As atividades são diárias, de segunda a quinta-feira, permitindo uma criação de vínculos comunitários.