Conheça nossa história

O Instituto Presbiteriano de Promoção da Cidadania (IPPC) nasceu no coração do Pastor Fabio Macedo Quintanilha, jovem pastor que se dedicou esmeradamente em arregimentar irmãos para o trabalho social que achava ser de vital importância para a comunidade em que está inserida a Igreja Presbiteriana de Thomaz Coelho (IPTC). Entendendo assim, quando numa sala de aula de Escola Dominical estudava a História do Protestantismo no Brasil juntamente com os Jovens da Igreja, criou o projeto social denominado JMC² (Jovens Movidos por Cristo segundo o exemplo de José Manoel da Conceição e), que começou a ser realizado uma vez por ano, a partir do ano de 2007, visando minorar as dificuldades sociais da comunidade de Cavalcante, e, também, apresentando a Igreja como porta acessível para pregação do Evangelho.

O sucesso do primeiro JMC² sugeriu que o projeto fosse continuado, pois centenas e centenas de pessoas foram beneficiadas com o trabalho de irmãos que se uniram em prol da comunidade. Os projetos seguintes foram marco na sua vida e na vida da Igreja, tanto que, em breve tempo, começou a imaginá-los mais amiúdes, querendo já, no segundo ano, promovê-lo em duas datas. Assim, em sua mente, começou a germinar um projeto que poderia produzir frutos mais relevantes e visíveis para a necessitada comunidade de Cavalcante. Nascia, então, a ideia de um projeto social de caráter permanente.

Aproveitando que uma propriedade conhecida como “Anexo da Igreja” estava sem utilização, o Pastor Fabio pensou em começar ali um projeto que tivesse identidade própria, que tivesse continuidade e que fosse bem visível para o bairro. Ele não queria que o projeto e a igreja se chocassem, queria, sim, que tivessem características e espaços próprios; então, por que não iniciá-lo naquele local? Não existiam razões para não ser ali.

2008 foi o ano em que começou a ser construído o sonho do IPPC. As reformas do Anexo foram iniciadas para alegria de toda a Igreja. Com as obras de reforma acontecendo, apenas o sonho de firmar o projeto social começava a se delinear, mas ainda era uma sementinha a ser regada e tratada. Deus, então, mais uma vez se manifestou, e, através da intervenção dos irmãos Carlos Alberto Rodrigues Simões (Cacá) e sua esposa, Cristina, que tinham consciência do desejo que pairava no coração do jovem pastor, apresentaram-lhe o irmão Altair Souza de Assis, ex-membro da Igreja Presbiteriana de Thomaz Coelho, a fim de que ele, Pastor Fabio, pudesse conhecer de perto o trabalho que o Altair já realizava no CCDIA, instituição que presidia.

Com o passar do tempo, o Pastor Fabio começou a inteirar-se do funcionamento do projeto do CCDIA e vislumbrou a chance de começar uma parceria com ele.

A amizade com o Altair tornou-se sólida e o Pastor Fabio pôde extrair preciosas sugestões para o trabalho a ser iniciado, além de que seu pretenso parceiro oferecia-lhe o apoio necessário para tal. Somente naquele ano de 2008 o Altair fez diversas visitas ao Anexo, que continuava em reforma. Então, neste ano foi iniciada a parceria, concretizada no início de 2009.

Sendo o CCDIA a instituição mãe do IPPC, pois não foi apenas parceira, porém muito mais, houve, então, uma relação de confiança entre amigos, de auxílio mútuo, de compreensão das necessidades, de ensino, de afeto, de companheirismo e de tudo o que uma relação materna possa produzir.

Com o amadurecimento do projeto social ficou decidida a criação do IPPC, entendendo que assim haveria oportunidade de um maior envolvimento de vários membros da IPTC, tornando o projeto muito próximo da nossa realidade como Igreja.

Há que se registrar o apoio dado pelo CCDIA, pelo Altair como presidente, pelo Conselho da IPTC e por todos os irmãos que, motivados por Deus, envolveram-se com este projeto.

Agradecemos a Deus, verdadeiro autor do projeto, às muitas pessoas que se envolveram com o CCDIA e o IPPC; Agradecemos também ao Fábio, Coordenador do CCDIA, pela presteza e constante ajuda em todas as necessidades. Agradecemos também aos voluntários e amigos do nosso projeto social, que têm participado da vida do projeto de muitas formas, mas sempre com seu fundamental apoio. Finalmente, agradecemos penhoradamente aos mantenedores porque tudo o que foi construído até hoje foi pela ajuda e comprometimento deles.

A organização do IPPC deu-se por meio de Assembleia, que foi realizada no dia 14 de outubro de 2010, na sede do IPPC (anexo da IPTC) e que contou com a presença de 22 (vinte e dois) sócios fundadores, a saber: Ana Carolina Simões de Carvalho Monteiro, Ana Maria Simões de Carvalho, Andréia Mourão da Fonseca do Nascimento, Antonio Alves de Almeida, Carlos Eduardo Ribeiro do Nascimento, Célia Gonçalves Farves, Débora Simões de Oliveira Franco, Estelita Josefa Farias Ribeiro, Fábio Macedo Quintanilha, Maria Rivania Ribeiro Miranda, Maria Silvia de Abreu Almeida, Paulo Roberto Silva de Carvalho, Raphael Gonçalves Farves, Raquel Simões Oliveira Franco Sélos, Regina Rodrigues Simões, Selma Marques Perol, Selma Regina Gonzaga de Miranda, Severino Alexandre de Araujo, Thiago Dias Gomes, Valdemir Pinto da Silva Junior, Wesley Dias Sélos e Wislei Oliveira Franco.

Ao IPPC, vida longa e prosperidade!

Nossa Missão

A Missão do Instituto é fornecer oportunidades educacionais para crianças, jovens e adultos visando o bem estar e o desenvolvimento.


Nossa Visão

A Visão do Instituto é ser uma Organização Cristã reconhecida por seu auxílio às famílias do bairro de Cavalcante.


Nossos Valores

Amor e respeito ao próximo.

 

Excelência na prestação dos serviços.

 

Valorização da Auto-Estima.

 

Melhorar a qualidade de vida das famílias.

 

Educação extensiva.

 

Respeito ao meio ambiente.

 

Solidariedade aqueles em situação de vulnerabilidade social.

 

Felicidade das Famílias.

 

Sociedade mais justa.

 


 

Nossa Equipe

  • Presidente: Fábio Macedo Quintanilha
  • Vice-Presidente: Wislei Oliveira Franco
  • Diretora Financeira: Célia Gonçalves Farves
  • Secretária: Ana Carolina Simões de Carvalho Monteiro
  • Superintendentes: Wesley Dias Sélos e Carlos Eduardo Ribeiro do Nascimento
  • Coordenadora Pedagógica: Selma Regina Gonzaga de Miranda